Selecione o Profissional
 

Cláudia Raia

TEMAS:


Maria Cláudia Motta Raia é Atriz, Dançarina e Cantora.

Seu primeiro trabalho profissional foi aos 10 anos de idade, como manequim do costureiro Clodovil Hernandes. Aos 11, fez um tratamento para controlar o excesso de crescimento; aos 13 anos já estava com 1,70m de altura, o que a fazia se considerar "desengonçada".

No início de carreira de bailarina, dançou profissionalmente nos EUA e na Argentina. Aos 13 anos, ganhou uma bolsa para estudar balé em Nova York e ficou lá por 4 anos. Estreou aos 17 anos na TV brasileira como a personagem Carola, contracenando com o ator Jô Soares no quadro "Vamos Malhar" do programa Viva o Gordo, na Globo.

Aos 15 anos, participou da versão brasileira do musical A Chorus Line, fazendo o papel de Sheila, uma personagem 18 anos mais velha. Em 1984, posou pela primeira vez para a edição brasileira da Playboy, ainda com o nome de Maria Cláudia. Posou novamente em 1985 e 1986, já como Cláudia Raia.

Em 1987, fez a feirante Tancinha na novela Sassaricando e, em 1988, surpreendeu como a presidiária Seu Tonhão, no quadro "As Presidiárias", da TV Pirata. O enorme sucesso das personagens lhe garantiu o reconhecimento como atriz.

Em 1984, começou a namorar Jô Soares. O romance durou 2 anos. Casou com o ator e modelo Alexandre Frota em 1986 e com ele permaneceu até 1989. Foi casada durante 17 anos com o também ator Edson Celulari, por quem se apaixonou durante as gravações da telenovela Deus nos Acuda, na qual faziam par romântico em 1992. Os dois anunciaram a separação em 2010, de forma amigável. Tiveram dois filhos: Enzo e Sofia.

Atuou como Donatela Fontini da novela A Favorita, uma mulher que é acusada de um crime que a sua ex-melhor amiga Flora (Patrícia Pillar) cometeu. Foi sua primeira protagonista no horário nobre. Seu sofrimento era tão grande na história que causou comoção nacional. Participou da novela Ti Ti Ti como a madame Jaqueline.

 

De 2012 a 2013, interpretou a vilã Lívia Marini da novela Salve Jorge. Lívia é uma mulher sofisticada, estilosa e inteligente, acima de qualquer suspeita. O que fica na sombra é a atividade de agenciadora para tráfico de pessoas. Em 2014, interpretou a vilã cômica e vidente charlatã Samantha, em Alto Astral. Em 2016, interpretou a sensual e cômica Salete, em A Lei do Amor. Em 2017, participou da série A Fórmula como Samira. 

 

Em 2019, retomou o destaque em novelas, interpretando a extravagante e divertida Lidiane "Lidi Pantera", ex-atriz de pornochanchada e perua emergente dos anos 90, na novela das sete Verão 90. Também em 2019, foi jurada no programa "Cultura, o musical", na TV Cultura.


Esteve em 8 capas de trilhas sonoras de novelas/minissérie: foram 7 novelas e 1 minissérie. É simpatizante do Movimento Humanos Direitos.

 

Tema da Palestra

 

Nas Raias do Empreendedorismo

 

Uma palestra sobre empreendedorismo feminino. Cláudia, pela primeira vez, compartilha a sua trajetória com o público em uma palestra autoral. E essa palestra é justamente sobre isso: "Empreender é movimentar-se e tirar a poeira dos desejos e vontades. E foi assim que, bem no começo da minha carreira, eu decidi não só esperar, mas fazer acontecer".

 

Cláudia fala sobre o empreender enquanto produtora cultural e enquanto mulher. Alguém que, aos 19 anos, começou a criar e a dar vida à arte que queria ver nos palcos, enfrentando situações inimagináveis e desafiadoras. Uma mulher que corre atrás dos seus próprios sonhos… porque, no fim das contas, toda mulher deveria poder correr atrás daquilo que deseja. "Nosso papo é um papo que encoraja, dá energia, incentiva. Dentro de um mundo cheio de nãos, vamos abrir caminhos juntos e fazer acontecer. Vamos juntos nessa?".

Prêmios

1985 - Prêmio APCA - Revelação feminina por Roque Santeiro;
1986 - Troféu Imprensa - Revelação do ano por interpretar Ninon em Roque Santeiro;
2005 - Prêmio Contigo - Relhor atriz coadjuvante por Belíssima;
2005 - Prêmio Qualidade Brasil - Melhor atriz coadjuvante por Belíssima;
2007 - Eleita pela revista Criativa uma das 25 mulheres mais criativas do ano;
2010 - Prêmio Contigo - Melhor atriz coadjuvante por Os Normais 2 - A Noite Mais Maluca de Todas;
2011 - Melhores do Ano - Melhor atriz por Ti Ti Ti;
2011 - Prêmio Contigo - Melhor atriz por Ti Ti Ti;

2018 - Prêmio Bibi Ferreira - Melhor atriz coadjuvante;

2019 - Melhores do Ano - Personagem do ano.

 

08/2020


Outros Palestrantes do mesmo tema


Serviços
  • Clique aqui se você é um Palestrante e deseja participar do casting da Mix Palestras.
  • Clique aqui para obter uma proposta ou contratar um palestrante
Contato
  • twitter:
    @mixpalestras
  • Mande-nos uma Mensagem