Selecione o Profissional
 

Malu Mader

TEMAS:


Maria de Lourdes da Silveira Mäder é Atriz. Aos 10 anos, foi levada pela prima Maísa, que estava começando a namorar seu irmão mais velho, para assistir Capitães da areia, e decidiu atuar. Em 1972, inscreveu-se no curso para atores do Teatro Tablado, dirigido por Maria Clara Machado, e teve como professores Carlos Wilson (Damião), diretor de Capitães de Areia e a atriz Louise Cardoso.

 

Em 1982, fez sua primeira encenação ao participar da montagem de Os Doze Trabalhos de Hércules, de Monteiro Lobato, chamando a atenção do diretor Dennis Carvalho, que assistiu à peça, e que a convidou para viver Dóris Cantomaia na novela Eu Prometo. Aos 16 anos, em 1983, Malu estreou na TV Globo, sendo esta a única emissora de TV aberta para a qual presta trabalhos até os dias atuais. Em 1984, participou da novela Corpo a Corpo, tendo feito par romântico com o ator Lauro Corona. Em 1985, despontou em Ti Ti Ti, como Wal, filha do costureiro Jacques Léclair, interpretado por Reginaldo Faria. Ficou conhecida do grande público em 1986, aos 19 anos, como protagonista da minissérie Anos Dourados, de Gilberto Braga, sucesso de audiência da Globo. Com esse trabalho, Malu tornou-se uma das atrizes favoritas do autor, repetindo a parceria em várias outras produções de sucesso da emissora. No mesmo ano, estreou no cinema em Rock Estrela.

 

Em 1987, trabalhou em O Outro, interpretando Glorinha da Abolição, uma ex-menina de rua. No ano seguinte, protagonizou sua primeira novela, Fera Radical. Na trama, sua personagem – Cláudia – buscava se vingar do extermínio de sua família, ocorrido quando ainda era criança. Após a novela, mudou-se para SP e fez sua estreia no teatro profissional, encenando Dores de Amores.

 

Outros filmes e novelas vieram em seguida, mas, com o tempo, passou a ser mais exigente na escolha de seus papéis. Em 1989, protagonizou a novela Top Model, vivendo a modelo Duda, uma menina pobre que é descoberta e guindada à condição de Top Model e, em 1991, viveu a protagonista de O Dono do Mundo, quando encarnou a ingênua Márcia. Na trama, sua personagem é seduzida pelo cirurgião plástico Felipe, de Antonio Fagundes, que apostara com um amigo que teria relações amorosas com ela, no dia do seu casamento, antes do marido.

 

Em 1992, integrou o elenco da minissérie Anos Rebeldes, ambientada no RJ durante a ditadura militar, e que tinha como pano de fundo o movimento estudantil. Depois, foi convidada a protagonizar mais uma novela, O Mapa da Mina. Porém, cansada de papéis de mocinha, a atriz pediu para viver Wanda, uma moça simples, sensualíssima, desbocada e nem tão politicamente correta quanto Elisa. Carla Marins, que viveria Wanda, topou trocar de papel, porque também queria um papel que representasse um novo desafio em sua carreira. Ainda nesse ano, encenou o espetáculo Vestido de Noiva, no cinquentenário da peça, onde dividiu o palco com os também atores Tuca Andrada e Luciana Braga. A peça foi um sucesso de crítica e público.

 

Em 1996, fez parte do elenco fixo da série A Vida Como Ela É, além de ter participado de alguns episódios da série A Comédia da Vida Privada, ambos exibidos dentro do dominical Fantástico. Em 1997, protagonizou o seriado A Justiceira, no papel de Diana, uma ex-policial que tem o filho sequestrado por traficantes de armas e resolve agir contra a criminalidade, ingressando em uma organização internacional. Em 1998, atuou na minissérie Labirinto, como a prostituta Paula Lee.

 

Da parceria com o autor Gilberto Braga, de quem a atriz é muito amiga, surgiram vários trabalhos importantes, como Força de um Desejo, novela que foi um grande sucesso de crítica em 1999 e que rendeu a Malu vários elogios por seu desempenho como a bela e determinada cortesã Ester Delamare, e também a novela Celebridade, em que Malu interpretou a empresária Maria Clara Diniz, em 2003. Celebridade foi escrita especialmente para Malu, em comemoração aos seus 20 anos de carreira.

 

Em 2007, integrou o elenco da novela Eterna Magia, interpretando uma vilã, a pianista Eva Sullivan. No mesmo ano, foi diretora, junto a Mini Kerti, do documentário Contratempo, longa-metragem que conta a história de um grupo de músicos de favelas do Rio de Janeiro. O filme foi premiado e viajou para vários festivais no Brasil e no exterior.

 

Em 2008, estreou como diretora em Essa História Dava Um Filme, programa do Multishow, que na verdade trata-se de uma mistura de reality show, ficção, documentário e making of, mostrando o processo de produção do curta-metragem desde as reuniões de pauta até as filmagens. O curta produzido por Malu foi inspirado em uma caso verídico que aconteceu com o ator Thiago Lacerda. Além de Thiago, a história contou também com a participação da atriz Daisy Lúcidi. Também atuou no projeto Se Não Fosse o Onofre, dirigido por sua sobrinha Erika Mader, em que interpreta a mãe de Zé, vivido por seu filho caçula. Em 2010, gravou a refilmagem da novela Ti Ti Ti, de Cassiano Cabus Mendes, reescrita por Maria Adelaide Amaral e dirigida por Jorge Fernando.

 

Em 2013, volta à TV em Sangue Bom, novela das 7 de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, interpretando Rosemere. Anos depois, faz estágio como assistente de direção da emissora, porém é convocada para voltar às novelas, interpretando a arquiteta falida Rebeca Rocha de La Fuente, em Haja Coração.

 

No cinema, atuou em filmes que marcaram a década de 1980: Dedé Mamata e Feliz Ano Velho, ambos de 1988. Em 1999, acompanhando o renascimento do cinema nacional, fez Mauá: O Imperador e o Rei. Em 2002, interpretou uma prostituta no filme O Invasor. Já havia interpretado um papel semelhante no ano anterior, quando protagonizou o filme Bellini e a Esfinge, baseado no livro de Tony Bellotto. Também fez participações memoráveis em Sexo, Amor e Traição, Brasília 18%, Podecrer! e Sexo com Amor?.

 

Realiza trabalhos como Mestre de Cerimônias e Presença VIP.

 

10/2019


Outros Palestrantes do mesmo tema


Serviços
  • Clique aqui se você é um Palestrante e deseja participar do casting da Mix Palestras.
  • Clique aqui para obter uma proposta ou contratar um palestrante
Contato
  • (11) 3522-6622
  • (13) 3022-1177
  • (11) 98079-3030
  • e-mail:
    comercial@mixpalestras.com.br
  • skype:
    mix.palestras
  • twitter:
    @mixpalestras