Selecione o Profissional
 

Paulo Henrique Ganso

Paulo Henrique Ganso

TEMAS:


Paulo Henrique Ganso é Jogador de futebol que atua como meia. Chegou ao Santos Futebol Clube em 2005, trazido pelo ídolo santista Giovanni em uma transferência. Antes disso, jogou no futebol de salão da Tuna Luso Brasileira, dos 7 aos 15 anos e, em seguida, nas categorias de base do Paysandu.

 

O meia começou a destacar-se em 2007. Após uma lesão que o afastou dos gramados por 6 meses, Ganso disputou a final do Campeonato Paulista Sub-20. Já apontado como uma das grandes revelações do futebol brasileiro, foi o camisa 10 do Santos na campanha da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2008. Na ocasião, a equipe, uma das favoritas à conquista do título, foi eliminada na disputa por pênaltis pelo Internacional, nas quartas de final.

 

Em 2008, renovou seu vínculo com o clube por 5 anos, sendo promovido à equipe profissional. Estreou em fevereiro, contra o Rio Preto pelo Campeonato Paulista de 2008. A má fase enfrentada pela equipe santista no campeonato afetou o desempenho do atleta. Em 4 jogos, nenhum gol e nenhuma boa atuação.

 

Após uma longa negociação, o São Paulo anunciou a contratação do meia em 2012. Ganso utiliza a camisa 10 no tricolor paulista. Sua estreia no tricolor paulista ocorreu na partida contra o Náutico no Morumbi. Completou 100 jogos pelo São Paulo, em 2014, contra o Orlando City, em um amistoso. Ganso é conhecido por sua capacidade de dar assistências e posicionamento.

 

Em 2016, Ganso passou a contar com a ajuda do então novo treinador do Tricolor, Edgardo Bauza, para voltar à Seleção. Em janeiro, na estreia do clube no Paulistão, o meia foi o autor do gol que abriu o placar no empate por 1 a 1 diante do Red Bull Brasil. Em março, Ganso completou 200 jogos com a camisa do São Paulo, marcando o único gol da derrota por 3 a 1 para o São Bernardo. Voltou a marcar gols nos empates contra River Plate e Trujillanos, ambos válidos pela Libertadores, e Ituano, todos por 1 a 1. Devido à maior participação na marcação, uma de suas maiores deficiências, aliada à visão de jogo e à técnica apurada, voltou a ser chamado para a Seleção após um hiato de quase 4 anos. Disputou, sob o comando de Dunga, a Copa América Centenário, nos EUA. Sendo um dos principais são-paulinos na Libertadores, acabou se machucando num jogo contra o Fluminense e não conseguiu jogar mais. Com a eliminação na Libertadores, o meia foi vendido ao Sevilla, realizando o sonho de jogar na Europa. Seu último gol pelo São Paulo foi no jogo contra o Palmeiras, na vitória por 1 a 0.

 

Em julho de 2016, São Paulo e Sevilla anunciaram por meio de seus sites oficiais a venda de Ganso à equipe espanhola. Em agosto, fez sua estreia pelo Sevilla na primeira partida da Supercopa da Espanha de 2016, na derrota para o FC Barcelona por 2 a 0, no Ramón Sánchez Pizjuán. No Espanhol, entrou no segundo tempo e deu uma assistência de calcanhar, na vitória do sevilla sobre o Alavés por 2 a 1. Marcou seu primeiro gol pela equipe na goleada do Sevilla por 9 a 1 sobre o Formentera, abriu o placar e deu um belo passe de calcanhar que originou o 8º de seu time, em partida válida pela Copa del Rey. Voltou a atuar no jogo contra o Granada, pelo Campeonato Espanhol, em abril de 2017 – Ganso estava sem atuar há mais de 100 dias (sua última aparição foi em janeiro de 2017, na derrota por 3 a 0 contra o Real Madrid). O meia marcou 2 gols, que culminaram na vitória de sua equipe por 2 a 0.

 

Após oito meses, voltou a ser relacionado para o jogo contra o FK Žalgiris Vilnius, pela fase preliminar da Liga Europa da UEFA de 2018–19. Começou a partida no banco de reservas, entrando nos minutos finais da vitória do Sevilla por 1 a 0.

 

Em agosto de 2018, foi emprestado para o Amiens por uma temporada. Fez sua estreia em setembro, entrando no decorrer da partida contra o Lille. Após 7min em campo, deu uma assistência para Kurzawa marcar o primeiro gol do Amiens na partida, na derrota por 3 a 2. Em janeiro de 2019, após uma rápida passagem pelo futebol francês, Ganso foi anunciado como reforço do Fluminense. O jogador assinou um contrato de 5 anos.

 

Temas das Palestras


* Competitividade;

* Esporte;

* Motivação;

* Presença vip;

* Resultados;

* Superação de desafios;

* Trabalho em Equipe / Disciplina.

 

07/2019


Outros Palestrantes do mesmo tema


Serviços
  • Clique aqui se você é um Palestrante e deseja participar do casting da Mix Palestras.
  • Clique aqui para obter uma proposta ou contratar um palestrante
Contato
  • (11) 3522-6622
  • (13) 3022-1177
  • (11) 98079-3030
  • e-mail:
    comercial@mixpalestras.com.br
  • skype:
    mix.palestras
  • twitter:
    @mixpalestras