Selecione o Profissional
 

Fernando Scherer (Xuxa)

Fernando Scherer (Xuxa)

TEMAS:


Fernando Scherer, conhecido como Xuxa, é ex-atleta de natação. Começou a nadar para combater problemas respiratórios. Com 14 anos, participou de suas primeiras competições. Treinava no Clube Doze de Agosto, sob o comando do técnico Carlos Camargo.

 

Despontou na natação em 1992, quando venceu os 50m e os 100m nado livre, do Troféu Brasil. Nesse dia, os amigos denunciaram por meio de gritos o apelido pelo qual se tornou mais conhecido, Xuxa, surgido por causa dos cabelos loiros que pareciam os da apresentadora infantil. Em 1993, com apenas 19 anos e 5 de natação, Scherer conquistou os 100m livre no Mundial de Natação e foi eleito o atleta revelação do Brasil. Foi ouro nos 100m livre e no 4×100 livre no Mundial da Espanha, em 1994, sendo que bateu o recorde mundial de piscina curta nos 4×100. Em 1995, conquistou o ouro dos 50m livre, a prata nos 4×100 livre e o bronze nos 100m livre no Pan-Americano. No mesmo ano, conquistou o bicampeonato mundial de piscina curta no RJ. Por esses feitos, foi eleito pelo Comitê Olímpico Brasileiro o Atleta do Ano.

 

Em 1995, assinou contrato com o Flamengo: foi o primeiro atleta da natação com contrato assinado. Foi eleito o melhor atleta brasileiro pelo Comitê Olímpico Brasileiro. As Olimpíadas de Atlanta (1996) firmaram de vez o nome de Fernando Scherer no cenário internacional. Conquistou o bronze dos 50m livre. Nesta época, seu apelido tornou-se tão popular, que os dois Xuxas (nadador e apresentadora) gravaram um comercial para a televisão juntos. Entretanto, o ano de 1997 não seguiu como o anterior. Problemas no ombro esquerdo e nos 2 joelhos fizeram com que, após as Olimpíadas, Scherer parasse por 6 meses.

 

Em 1998, Xuxa se mudou para Coral Springs, na Flórida, e passou a treinar com Michael Lohberg. No mesmo ano, o atleta se recuperou ganhando os 50m borboleta e batendo o recorde sul-americano da modalidade na Copa do Mundo realizada no RJ. Nos Jogos da Amizade, conquistou as espetaculares marcas na época de 22s18 nos 50m livre e 48s69 nos 100m livre, tornando-se o #1 em ambas as provas. Recebeu o título de Melhor do Mundo pela revista Swimworld e (pela 2ª vez) o de melhor atleta brasileiro, pelo COB. Em 1999, começou o ano quebrando 2 vezes na mesma semana de março, o recorde sul-americano dos 50m borboleta. No Panamericano de Winnipeg, bateu recorde em todas as provas que nadou e trouxe de volta 4 medalhas de ouro, o primeiro brasileiro a conseguir tal feito (Xuxa ganhou ouro nos 50 e 100m, ambos no estilo livre, e nos revezamentos 4×100m livre e 4×100m medley).

 

Em 2000, abriu mão de todas as competições para se dedicar às Olimpíadas de Sidney. Porém, um passo em falso na escada de sua casa fez com que Scherer sofresse uma entorse no tornozelo direito de grau dois, o que causou um rompimento parcial do ligamento que quase o tirou das Olimpíadas. Ainda assim, praticamente sem condições de nadar, o nadador quase não bateu perna durante a prova. Foi para a Austrália e trouxe para o Brasil medalha de bronze do revezamento 4×100 livre. Em 2002, Xuxa voltou a morar no Brasil, em SP, e passou a treinar com Williams Morales.

 

No Pan de 2003, em Santo Domingo, Scherer surpreendeu a todos sendo campeão das duas provas que disputou: Xuxa foi ouro nos 50m livre, batendo o campeão olímpico Gary Hall e o campeão mundial Jose Meolans; e foi campeão da prova de revezamento 4×100 livre. Obteve 100% de aproveitamento: caiu na água duas vezes e em ambas conquistou o ouro.

 

Classificado para as Olimpíadas de Atenas 2004, Scherer ficou na 11ª colocação nas semifinais da prova de 50m livre, cravando o tempo de 22s27. Já em 2005, com 30 anos, bateu o recorde oficial de nado borboleta 50m no Campeonato Mundial de Natação, com o tempo de 23s55, e ficou na 5ª colocação na competição, disputada em Montreal, Canadá. Em 2007, Xuxa se aposentou das piscinas.

 

Atualmente, é empresário de atletas. Já foi empresário de César Cielo, que conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Pequim 2008 nos 50m livres, a medalha de bronze nos 100m livre, além de se tornar campeão mundial nos 50 e 100m livres no Mundial de Roma 2009, batendo o recorde mundial dos 100m livres.

 

Em 2009, participou do reality show A Fazenda 2, da Record. Durante sua participação no programa, conheceu a dançarina Sheila Mello, com quem namorou após o fim da atração e se casaram em 2010. Em agosto de 2018 o casal serparou-se. Scherer e Sheila são pais de Brenda, primeira filha do casal, e segunda de Xuxa, que também é pai de Isabella, fruto de seu primeiro casamento. 

 

Ele é dono de uma academia localizada no Beiramar Shopping, em Florianópolis.

 

Movido a desafios e, para atingir seus objetivos, sempre aplicou em sua vida conceitos como superação, liderança e trabalho em equipe. Aprendeu desde pequeno a transformar planejamento em resultados. Sua palestra traça um paralelo entre o mundo esportivo e corporativo e mostra, com simplicidade, objetividade e bom humor, como transformar sonhos em metas e metas em resultados.

 

Temas das Palestras

 

* Esporte;

* Liderança;

* Motivação;

* Superação de Desafios;

* Trabalho em Equipe.

 

03/2019


Outros Palestrantes do mesmo tema


Serviços
  • Clique aqui se você é um Palestrante e deseja participar do casting da Mix Palestras.
  • Clique aqui para obter uma proposta ou contratar um palestrante
Contato
  • (11) 3522-6622
  • (13) 3022-1177
  • (11) 98079-3030
  • e-mail:
    comercial@mixpalestras.com.br
  • skype:
    mix.palestras
  • twitter:
    @mixpalestras