Selecione o Profissional
 

Por que precisamos de novos líderes?

Por que precisamos de novos líderes?

Por que precisamos de novos líderes?

Entenda quais os motivos que estão pressionando a formação de um novo tipo de liderança, mais inspiradora e menos tarefeira

César Souza, em sua apresentação no Fórum HSM Gestão e Liderança 2011, enumerou cinco grandes motivos que estão contribuindo para a formação de uma nova mentalidade de liderança, adequada ao dinamismo do mundo atual:

1) Mundo empresarial em reconfiguração

Segundo César Souza, a maioria dos líderes, atualmente, ainda está focada nas questões estruturais, ainda está dentro de um panorama \"turvo\" (em que é difícil perceber o que está acontecendo). Novas circunstâncias têm se colocado, o quefaz com que o direcionamento mude de:

- Industrial para serviços
- Produtos para clientes
- Físico para virtual
- Fixo para móvel
- Analógico para digital
- Padronização para diversidade
- Previsível para volátil
- Institucional para pessoal
- Indiferença para responsabilidade social/sustentabilidade
- Tangível para intangível
- Pensamento estratégico para planejamento estratégico

\"Estamos vivendo uma mudança de época. E com tudo acontecendo ao mesmo tempo. Temos que entender essa mudança, e o papel do líder é compreender que estamos nessamudança de época\", acentua César Souza.

Nesse cenário, novos consumidores têm tido maior representatividade no mercado, como os integrantes da base da pirâmide - classes C, D e E, os jovens da Geração Y,os consumidores \"verdes\" e os habitantes do Nordeste e do Centro-Oeste. Além disso, novos fatores têm impactado fortemente a ordem das coisas, como a maior longevidade da população e o maior poder da \"bolsa\" (bolsa feminina, seja pelo poder aquisitivo propriamente dito seja pela influência no momento da compra).

2)Presbiopia

Significa não conseguir enxergar dentro de si. Por esse raciocínio, nem sempre o maior concorrente são as empresas que fabricam os mesmos produtos ou prestam osmesmos serviços; o maior concorrente, muitas vezes, está dentro de casa.
 
Empresas que enfrentaram grandes problemas recentemente, com alta exposição negativa namídia, como a British Petroleum, o Banco Panamericano, a Toyota, a Avon e aHarley-Davidson, não se viram em apuros por causa de ações ou estratégias da concorrência, mas sim por situações que se originaram dentro da própria empresa.

Para César Souza, isso acontece porque falta um rumo claro, falta senso de propósito e falta integração (áreas e pessoas que não se conversam) de cultura, processos e gestão em muitas empresas. \"O líder que consegue que todos olhem na mesmasdireção, com o mesmo espírito e o mesmo propósito, é um líder diferenciado\", salienta.

3) Foco quase exclusivo na gestão dos tangíveis

Aadministração, atualmente, ainda está muito voltada para a gestão de ativoscomo capital, tecnologia, equipamentos, estoques, processos, produtos e pontos de venda, entre outros. É a cultura do tangível.

Porém, conforme César Souza, o que ganha o jogo hoje é aquilo que o cliente não pega, não vê mas sente. Ou seja, ativos como cultura, inovação, marca, reputação, capital intelectual, relações com os públicos, sustentabilidade, etc.

\"O ideal é o equilíbrio entre tangíveis e intangíveis. Não adianta só focar produtos ou processos. O cliente quer aquilo que diferencia - relacionamento, segurança, confiança, flexibilidade, personalização, transparência. E as pessoas de uma equipe querem ver isso em seus líderes\", explica César Souza.

4) Miopiada liderança

De acordo com César Souza, estamos muito ligados no presente, no curto prazo. Tem que se buscar equilibrar as necessidades e demandas do presente com as aspirações e perspectivas para o futuro.

\"Para garantir o presente e construir o futuro, é necessário encontrar no presente aexcelência do futuro\", afirma.

5) Visãolimitada da verdadeira sustentabilidade

Muitas pessoas enxergam sustentabilidade como o termo da moda, a materialização dotripé econômico, social e ambiental.

Contudo,de nada adianta, por exemplo, ter projetos socioambientais reconhecidos se o conceito da sustentabilidade não estiver disseminado entre todos os líderes.\"Não há sustentabilidade sem o comprometimento dos líderes, desde o supervisordo chão de fábrica até o presidente\", acentua César Souza.


TEMAS:


Outros Palestrantes do mesmo tema


Serviços
  • Clique aqui se você é um Palestrante e deseja participar do casting da Mix Palestras.
  • Clique aqui para obter uma proposta ou contratar um palestrante
Contato
  • (11) 3522-6622
  • (13) 3022-1177
  • (11) 98079-3030
  • e-mail:
    comercial@mixpalestras.com.br
  • skype:
    mix.palestras
  • twitter:
    @mixpalestras